Isolamento aumenta interesse por saúde mental no mundo

Os índices de isolamento social foram o principal fator para aumento no interesse das pessoas por temas de saúde mental em países afetados pela pandemia do novo Coronavírus. Esta variável apresentou a maior correlação com o crescimento nas buscas por termos como ansiedade, depressão, fobia social e insônia, com taxas superiores a outras variáveis, como número de óbitos, faixa de renda e geografia. As conclusões são de uma recente análise linear de dados do Google Trends, feita pela Murabei com apoio da JeffreyGroup.

Na análise, faixa de renda foi o segundo fator com maior correlação. Por esse critério, o crescimento em temas ligados a transtornos ansiedade foi muito similar em todos os grupos de países (baixa, média e alta renda). Contudo, houve um interesse significativamente maior por “depressão” em países de baixa renda e por “jardinagem” nos países mais ricos.

Por fim, as classificações por região sugerem que geografia não teve relação significativa com o interesse por saúde mental durante a pandemia.

Compartilhe:

Compartilhar no facebook
Facebook
Compartilhar no twitter
Twitter
Compartilhar no pinterest
Pinterest
Compartilhar no linkedin
LinkedIn

Últimos artigos

Iniciativas

Conheça nossas frentes

Conectando quem precisa de ajuda com os que podem ajudar. De um lado estão cadastradas as necessidades do sistema de saúde e apoio aos vulneráveis. Do outro, as empresas que podem ajudar com os seus recursos.

Informações da pandemia em tempo real, que permitem acompanhar e simular o avanço da Covid-19 por regiões, cidades e até bairros. Utiliza dados de mobilidade e propagação fornecidos por fontes oficiais.

Um espaço onde você também pode compartilhar informações para ajudar a mapear e conter o avanço da Covid-19 no país.

O Covid Radar é o resultado da coalizão de diversas organizações que estâo contribuindo para minimizar os impactos da COVID-19 no país. Juntos estamos desenvolvendo soluções para apoiar instituições de saúde, empresas públicas e privadas, mídia e sociedade.